Buscar

Companhia Ensaio Aberto contra a Redução da Maioridade Penal

Quinta-feira, 2 de julho de 2015

Texto: João Batista e Natalia Balbino


Vejam bem o procedimento desta gente:

Estranhável, conquanto não pareça estranho;

Difícil de explicar, embora tão comum;

Difícil de entender, embora seja a regra.  

Cerca de 85%dos brasileiros apoiam a Redução da Maioridade Penal

Os adolescentes cometem menos de 1% dos homicídios do Brasil

E são 36% das vítimas

Até o mínimo gesto, simples na aparência

Olhem desconfiados e perguntem

Se é necessário, a começar do mais comum.

Segundo a Anistia Internacional cerca de 30 mil jovens

Morrem por ano no Brasil

77% Negros

E, por favor, não achem natural

O que acontece e torna a acontecer:

Não se deve dizer que nada é natural

Numa época de confusão e sangue

desordem ordenada, arbítrio de propósito

humanidade desumanizada

para que imutável não se considere nada!

Bertolt Brecht com dados da Anistia Internacional

Um assunto urgente, que ocupa as primeiras páginas dos jornais impressos, os

principais blocos dos telejornais, e é tema de debates e discussões acaloradas nas redes

sociais: a proposta de redução da maioridade penal. Uma montagem que busca usar a força do teatro e sua função de diálogo “cara a cara” com o público, para mostrar outros lados da questão, de forma diferente da visão“punitivista” que impera na grande mídia. No caso da proposta de redução da maioridade penal, mais assustador do que ver a forma como os meios de comunicação procuram fazer crer que tal proposta possa ser uma solução para o problema da violência no Brasil é notar que essa estratégia vem alcançando resultados. Pesquisas apontam que mais de 80% da população se mostra favorável à medida apesar de todas as evidências mostrarem que a idéia de que os menores infratores são os grandes responsáveis pelos índices de violência no Brasil  não resiste a uma análise acurada.

A Companhia Ensaio Aberto em sua trajetória de mais de 20 anos de um teatro engajado sempre em diálogo com as urgências da sociedade, fomenta no Armazém da Utopia o projeto que visa discutir a Redução da Maioridade Penal. O objetivo é apresentar cenas curtas que debatam a realidade de crianças em conflito com a lei e discutir as possíveis causas que passam despercebidas pela sociedade; ampliar o foco da discussão para aspectos do problema ignorados pela grande mídia que clama pela “punição exemplar e imediata”, além de combater um tipo de conservadorismo que cresce cada vez mais e reforça a luta de classes em nosso país. A dramaturgia inclui textos com formatos e conteúdos diversos formando uma espécie de painel sobre o tema. Da estrutura fazem parte cenas curtas, narrativas, depoimentos reais e cenas criadas a partir de declarações reais de parlamentares, personalidades e populares sobre o tema. Um teatro que se alimenta da realidade para buscar interferir nessa mesma realidade. A montagem da Companhia Ensaio Aberto torna-se uma espécie de arena de discussão da realidade. O teatro alcança assim a sua função maior participando da verdadeira cidadania e do debate de questões prementes para a sociedade.

É o teatro gerando a reflexão para transformar a realidade.



Foto: Marcelo Valle



Registro das Apresentações desse projeto nos atos contra a Redução do dia 28 de junho na Cinelândia. fotos: Companhia Ensaio Aberto. 



Registro das Apresentações desse projeto nos atos contra a Redução do dia 28 de junho na Cinelândia. fotos: Companhia Ensaio Aberto. 



Foto: Marcelo Valle



0 visualização

Tel: (21) 2516-4893 / (21) 98909-2402 - WhatsApp